André Gaio Pereira

19 de junho, 17h

Capela do Espírito Santo de Paredes de Coura

· Concertos

Conjugando duas tradições enraizadas na cultura musical, a erudita e a tradicional, De Bach a Paredes é um projecto que cria pontes. Através de ligações instrumentais, numa união de valores artísticos e musicais, este espectáculo apresenta um crossover de ideias e composições. Revisitando a música de Carlos Paredes e conferindo-lhe uma nova perspectiva, dinâmica mas leal às origens, o violinista André Gaio Pereira adaptou clássicos da guitarra portuguesa para violino solo. O resultado culminou em miniaturas de extremo virtuosismo e fantasia, onde ficam evidentes as semelhanças da natureza desta música com a de J. S. Bach. Não será acaso, certamente. 

Carlos Paredes estudou violino enquanto jovem e foi um amante e admirador da música clássica, tendo sido fortemente influenciado por uma educação musical erudita e admirado o género toda a vida. Torna-se assim natural emparelhar o trabalho destes dois génios musicais: a Partita Nº3 para Violino de J.S Bach, uma obra fresca e jovem, representativa da seriedade e complexidade da tradição erudita, com as fantasiosas e profundas canções e danças de Carlos Paredes - música que valida o espírito de um povo e representa a qualidade máxima da tradição musical popular portuguesa.

 

Repertório:

Carlos Paredes

Dança dos Camponeses

Dança Palaciana

J. S. Bach

Partita No.3 in E major

Carlos Paredes

Divertimento

Canção de Alcipe

Movimento Perpétuo

Verdes Anos

António Marinheiro

Fantoche

Ficha artística: André Gaio Pereira - Violino

 

 

 

Todos os Posts
×

Quase pronto…

Acabámos de lhe enviar um email. Por favor, clique no link no email para confirmar sua subscrição!

OK