CANTO DA EIRA

POR MACADAME

Os Macadame começaram onde começa uma mesa comprida de madeira, em horas passadas a ouvir outra gente cantar e tocar a música que depois fizeram sua. Os membros do grupo encontram-se no gosto pela música tradicional e não procuram reinventá-la ou prestar-lhe uma homenagem criativa e reverente. Ao invés, ao ouvi-los conseguimos escutar a mesma música que nos é familiar: sem pó nem maquilhagem, apenas com o filtro fino da experiência de quem a ouve como a ouve, e assim mesmo a pretende partilhar.
Mais detalhes
 

10 DE JULHO | 21H

Largo Visconde de Mozelos

Tantas músicas nasceram enquanto se ceifava de sol a sol, ou então no convívio, fosse na eira a peneirar ou nas tabernas com gente conversando. O Canto da Eira faz o convite para uma mesa partilhada entre cantares, com mulheres e homens que respiram a tradição em cada poro. Propõe que se venha cantar com elas e eles. E assim faremos (re)nascer as canções.

 

Formação:
Vânia Couto - Vocalista
Rui Macedo - Guitarra elétrica, Cigar box guitar
Paulo Yoshida - Baixo
João Fong - Programação e teclados
Alexandre Barros - Guitarra acústica / Viola braguesa, Viola campaniça
Músicos convidados - Rita Viola, Carolina Rocha, Raquel Melo, Carolina Simões (Vozes)